Informe Gospel TV






Parceiros

Reflexão

Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.
Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.
Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.
O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Salmos 46

Blog

Artista “crucifica” Papai Noel em frente à Igreja para protestar contra “Natal comercial”

Um artista cristão envolveu-se em polêmica ao exibir um quadro de um Papai Noel crucificado em frente à maior catedral católica de Nova York no final de semana.

Robert Cenedella, de 77 anos, foi para a frente da Catedral de São Patrício, na Quinta Avenida, onde centenas de pessoas foram para assistir as missas natalinas. Alguns dos fiéis ficaram irritados e não gostaram da atitude.

“Este é o momento do ano em que eu conseguiria chamar mais a atenção das pessoas, esperando que elas entendam a mensagem: Coloque Cristo de volta ao Natal”, explica Cenedella, que é professor na escola de arte Students League. “A cada ano, o Natal tem menos a ver com a religião, acaba sendo apenas uma festa comercial”.

Enquanto alguns paravam para tirar fotos junto ao quadro, a maioria dizia estar bem consciente de que o objetivo do Natal é lembrar o nascimento de Jesus Cristo.

“Todo mundo sabe que o Natal está comercial demais”, disse Cassie Brauer, 39, de Illinois. “Não precisamos de uma pintura feia dessas para nos dizer isso”.

Cenedella disse que teve a ideia há 20 anos. O quadro original ele pendurou na janela da Students League. Na ocasião, Bill Donohue, presidente do grupo Anti-difamação da Liga Católica, escreveu uma carta para a escola, reclamando que a obra de arte era “desnecessariamente ofensiva, especialmente nesta época do ano”.

Desde 1997, Donohue hoje é um aliado do artista. “Esta ano ele veio me dizer que agora entende o que eu estava querendo dizer com a pintura”, disse Cenedella. A nova versão da pintura também está gerando críticas.

Ele a exibiu na Central Park Fine Arts, mas por causa dos protestos, a peça for retirada da exibição. O artista diz estar decepcionado com a falta de apoio dos cristãos que conversaram com ele na porta da catedral. 

Fonte: NY Daily News


Categorias

Polêmica