Informe Gospel TV






Parceiros

Reflexão

Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.
Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.
Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.
O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Salmos 46

Blog

Soldado leva seis tiros do Estado Islâmico, mas sobrevive: “Deus colocou sua mão em mim”

Um grupo de missionários ofereceu assistência médica a militares, no Iraque. Eles foram atacados por membros do Estado Islâmico. Um soldado, que mal havia se convertido a Cristo, ficou seriamente ferido, mas o Senhor decidiu salvá-lo.

A Free Burma Rangers (FBR) é uma organização cristã que fornece apoio médico àqueles que sofrem violência no Iraque, no Sudão e no Curdistão. Em uma de suas missões no Iraque, David Eubank, diretor da FBR, e outros membros da equipe prestaram assistência à unidade do Exército Iraquiano do tenente Hussein, que estava lutando para libertar Mossul do Estado Islâmico.

"Por que você arrisca suas vidas ajudando-nos?", perguntou Hussein. "Deus nos enviou, estamos com você e seu povo, vamos ajudá-lo mesmo nos momentos mais difíceis", David respondeu, e eles oraram e Hussein aceitou a Cristo. Alguns dias depois, Hussein e David caminharam por uma rua quando três membros do Estado Islâmico começou a atirar neles gritando: "Alá é o maior".

No ataque, Hussein foi gravemente ferido, ele recebeu seis tiros. David foi ferido no braço esquerdo. Ambos eram muito gratos a Deus porque, embora feridos, ainda estavam vivos. Os soldados de Hussein e a equipe da FBR os colocaram em segurança, enquanto David ajudou Hussein e orou por ele ao mesmo tempo.

Ele sobreviveu milagrosamente

Hussein foi levado para o hospital, seu coração foi exposto aos tiros. Meses depois, os médicos disseram que ele sobreviveu milagrosamente: "Eu nunca vi ninguém sobreviver a ferimentos como esses, só Deus poderia ter feito isso". David também relata que nos Estados Unidos, dois de seus amigos sentiram a necessidade de orar pelos missionários no momento preciso do ataque, sem saber o que estava acontecendo com eles.

Hussein é muito grato a Deus e reconhece que foi Ele quem o libertou da morte. "Não havia como termos sobrevivido sem a ajuda Dele, Deus colocou a mão em mim, Ele me salvou para que eu pudesse fazer sua obra. Sempre tenha a convicção de que Deus ouve suas orações”, finalizou.

Fonte: Mundo Cristão


Categorias

TESTEMUNHOS