Informe Gospel TV



As Mais Vistas



Parceiros

Reflexão

Ainda que a minha mente e o meu corpo enfraqueçam, Deus é a minha força, Ele é tudo o que eu preciso. (Salmo 73:26)

Deus é fiel e Jesus salva!

Blog

Brasileiros confiam mais em igrejas do que no STF e partidos políticos

Um estudo chamado “A Cara da Democracia”, apontou que a população brasileira tem maior confiança nas igrejas do que em instituições como o Supremo Tribunal Federal (STF), o Congresso Nacional e os partidos políticos. 

O levantamento foi realizado pelo Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação e mostra que 32% da população “confia muito” nas igrejas, ficando atrás apenas da Polícia Federal, que somou 33%, sendo apontada como a instituição mais confiável pelas pessoas ouvidas.

 
As igrejas obtiveram melhor avaliação do que as Forças Armadas, com 29% de “confia muito”, a Polícia Militar, com 20% e os grupos de família no Whats App, que obtiveram 15% na avaliação de confiança.

Por outro lado, Facebook e os partidos políticos foram os que mais receberam avaliação negativo, sendo apontados no quesito “não confia”, com 54% e 71% respectivamente. O Congresso Nacional também aparece entre os piores avaliados, revelando a aversão da sociedade aos políticos.

Os dados são de grande valor, pois mostram que os evangélicos estão conseguindo demonstrar seus valores à sociedade, apesar dos maus exemplos e dos ataques constantes da grande mídia.

Há muitos pontos positivos nesta avaliação, mas me preocupa a posição derradeira dos políticos, que representam a sociedade. Acredito que os exemplos negativos têm sido superdimensionados, pois há bons políticos no Congresso.

Devo dizer, porém, que essa avaliação deveria despertar o interesse de toda a classe política, para responder aos anseios dos seus eleitores. Como diz a Palavra de Deus: “Quando os justos governam, alegra-se o povo; mas quando o ímpio domina, o povo geme.” (Provérbios 29.2).

As igrejas se mostram instituições confiáveis porque não há uma estrutura burocrática, sendo sua liderança simples e estruturada em valores corretos. Como a honestidade, a justiça, lealdade, honra, respeito, entre muitos outros.

 
Nossas igrejas evangélicas têm se mostrado eficientes nos trabalhos sociais, no combate a ideologias perversas, na orientação de uma sociedade melhor. Temos crescido enquanto avançamos no evangelismo.

Ainda que estejamos sempre sendo alvos gratuitos de ataques, ofensas e chacotas, as igrejas permanecem firmes no propósito de anunciar as Boas Novas de Jesus Cristo, o que tem gerado frutos.

E, por isso, não é de se espantar que estejamos crescendo e compartilhando princípios éticos e morais sólidos, baseados na Bíblia. Afinal, a ética cristã então se baseia na visão de que devemos ser exemplo para este mundo perdido.

Ao estabelecermos nossa visão ética tendo como base o Cristianismo, precisamos entender que não podemos nos assemelhar com o mundo, pois temos valores antagônicos aos deste século.

Fonte: Gospel Prime


Categorias

POLÍTICA