Informe Gospel TV



As Mais Vistas



Parceiros

Reflexão

Ainda que a minha mente e o meu corpo enfraqueçam, Deus é a minha força, Ele é tudo o que eu preciso. (Salmo 73:26)

Deus é fiel e Jesus salva!

Blog

“Não vejo necessidade”, diz secretário de Saúde sobre decisão da justiça de testar todos os funcionários da Natulab

Durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 28, o secretário de Saúde de Santo Antônio de Jesus, Leandro Lobo, falou sobre a decisão judicial que obriga a Natulab testar todos os 700 funcionários da unidade em que 15 colaboradores testaram positivo para a Covid-19.

Para o secretário, decisão judicial é para ser cumprida, mas ressaltou que a decisão foi direcionada para a Natulab, sendo que a secretaria de Saúde recebeu uma solicitação de informação das medidas adotadas. Diante disso, o secretário lembrou que após confirmação dos primeiros casos de funcionários da Natulab, a prefeitura pediu o fechamento temporário da unidade administrativa, da fábrica e as pessoas foram colocadas em isolamento compulsório, sendo que profissionais da unidade só retornarão às atividades a partir do dia 15 de junho.

O secretaria disse ainda que o Sindicato tem todo direito de colocar seus argumentos ao solicitar a testagem dos funcionários, mas  ressaltou que os testes são feitos a partir dos níveis de sintomas apresentados pelos pacientes. “Se mais nenhum funcionário da Natulab apresentou sintomas, o que é mais importante fazer nesse momento é que eles fiquem em casa e cumpram seu isolamento domiciliar, seja pela medida da secretaria de Saúde, seja pela suspensão judicial das atividades. Agora, quem tem quadro clínico, a gente tem de corroborar para fechar o diagnóstico com esse teste. Se a empresa decidir fazer o teste, ela pode comprar o teste, pode promover a testagem em massa, mas estou dizendo que o critério da  secretária é baseado nos princípios do Ministério, da Sesab e OMS”, concluiu.

E quando questionado por Léo Valente sobre a necessidade da testagem dos funcionários da Natulab, ele disse: “não vejo necessidade, o mais importante é testar quem efetivamente precisa ser testado”.

Fonte: Blog do Valente